Diversos tipos de Sling e como Usar

13 de dezembro de 2013   Por:    Cantinho da Mamãe, Ser Mãe   0 Comentários

A baby in a baby sling

O que é um sling?

Sling significa tipóia em inglês. Mas denomina também os carregadores de bebês que não tem nenhuma parte dura que fique em contato com o bebê e que são ergonômicos. Chamamos de “não estruturados”, pois eles se amoldam à anatomia da coluna e do corpo do bebê.

Desde quando e até quando posso usar o sling com meu filho?

Desde que ele nasce até quando ele estiver com mais ou menos uns 20 kg. Na realidade você vai usar sempre que precisar carregar seu filho no colo, muitas crianças mesmo depois dos 2 anos precisam ser carregadas e o sling vem para ajudar, distribuindo o peso e dando maior conforto.

Quais são os tipos de carregadores de bebês?

Existem inúmeros tipos! Em muitos lugares no mundo, nas mais diversas culturas se carrega o bebê com o auxpilio de alguma tipóia, algum tecido. Mas os mais populares no momento são:

Sling de Argola: onde o bebê fica numa posição muito confortável,muito semelhante ao útero materno (daí a teoria da extra gestação do antropologista Ashley Montagu) . As posições mudam conforme o crescimento da criança.

Sling de Argola

Pouch Sling: é o sling sem argolas, trata-se de uma faixa de tecido com apenas uma costura côncava, não tem ajustes e é feito conforme o tamanho de quem vai usar numa grade de numeração PP, P , M, G e GG. Com as mesmas vantagens de posições do Ring Sling(sling de argolas) , é o modelo mais prático de carregadores, pois é  de muito fácil adaptação. Basta colocá-lo e ele estará pronto para uso. Apropriado para recem nascidos.

Sling Pouch

Wrap Sling ou Encharpe: é um tecido comprido, que é enrolado e preso ao corpo de quem está carregando. Neste modelo você realmente veste o bebê que é extremamente confortável. O peso do bebê fica dividido, é super seguro, a gente quase esquece que tem um bebê ali. Existe uma versão onde as amarrações já vem praticamente prontas “fast wrap”: você veste, como se fosse uma camiseta e coloca o bebê no meio.

babywarp

Mei Tai

Sling Mei Tai

E o canguru é um sling?

Não, ele é um carregador estruturado, e não é indicado (apesar da indústria não gostar que falemos isso) pois deixa as perninhas do bebê numa posição não ergonômica (penduradas).

Será que vou conseguir usar o sling?

Desde que ele seja feito com materiais apropriados, argolas do tamanho e composição corretos (alumínio, inox ou nylon), tecido resistente mas confortável de preferência 100% algodão (não necessariamente algodão, existem tecidos com poliéster que se usam para fazer slings também, mas o bebê não pode ser alérgico), e instruções detalhadas não haverá motivos para não conseguir usar um sling. Se milhões de pais através da história e ao redor do mundo conseguem, sim você consegue!

E é seguro?

O sling pode ser uma ferramenta muito útil se usado corretamente. Ao comprar seu sling procure obter informações de como usá-lo. Se você tem alguma amiga que usa o sling é interessante também trocar informações e tirar dúvidas. Procure slings de qualidade! As vezes o barato pode custar caro.

No sling de argolas preste atenção no tecido, se é resistente e fresquinho. Se tem uma costura reforçada que prende as argolas e se as argolas são próprias para slings.

No pouch deve-se prestar atenção no tecido, nas costuras e se ele tem o tamanho correto. Um pouch muito pequeno você não vai conseguir usar e um muito grande o bebê vai ficar em uma posição perigosa.

No wrap você deve verificar se o tecido não tem muita elasticidade. Alguns wraps são feitos em malha e outros em tecido plano. Se for muito elástico fica ruim de usar, o bebê fica “quicando” ou pior, vai ficando cada vez mais baixo até ficar numa posição perigosa.

No meitai você deve prestar atenção nas costuras. Principalmente nas que prendem as faixas ao corpo do meitai, elas devem ser muito reforçadas.

Todos os modelos devem ter um manual com instruções.

E ele deve combinar com seu estilo, afinal o sling é basicamente uma peça de roupa que usamos para “vestir” o bebê em nós!

Não machuca o bebê?

Desde que usado corretamente o sling não machuca e nem prejudica o bebê.

Eu uso sling, mas minhas costas/pescoço doem.

Provavelmente há alguma coisa errada com a maneira de usar o seu sling. Pode estar embolado no pescoço, muito embaixo, com o tecido embolado nas costas. Mas se mesmo ajeitando essas coisas a dor persistir, procure um médico, a dor pode estar relacionada com algum problema de saúde e não com o sling em si.

Onde posso encontrar o sling?

Na internet há vários fabricantes sérios que prezam pela segurança e qualidade. Você pode encontrar também em lojas, mas se a vendedora não souber explicar do que o sling é feito e como se usa FUJA!

Slingar está em evidência e muitas pessoas que visam somente o lucro se aproveitam para colocar no mercado produtos de baixa qualidade e com preço muitas vezes igual aos de qualidade superior. Tenha bom senso na hora de comprar seu sling!

COMO FAZER RAPIDAMENTE UM SLING COM LENÇOL

Quando as gurias eram recem nascidas o Geison e eu improvisamos um Sling Kepina e adorei o resultado. Queria usar toda hora, já que deixava as minhas mãos livres para fazer outras coisas e mantinha uma delas seguras ao meu corpo. Além do conforto do bebê é super gostoso sentir aquele serzinho pertinho de você. Esse foi o nosso improviso:

sling com lencol

Se o tecido for quadrado (1,40 X1,40) chamamos de Kepina. O nó deve ficar nas costas.

Sling com Lencol 2

COMO FAZER SEU SLING WRAP

home3wrapsNEW

Escolha o melhor tecido para o conforto do seu bebê. Dê preferência aos de algodão e observe a elasticidade do tecido para que o bebê não fique quicando comprometendo a segurança.

Sling Wrap passo a passofoto: Que Baderna

COMO USAR O SLING WRAP

 

figura 1

 

sling wrap 2

figura 2

 

Sling whap 1

SLING COMO FAIXA DE SUSTENÇÃO

 

2foto: Kangulu wrap sling

CURIOSIDADE SOBRE O SLING

Antigamente quando os carrinhos de bebe não existiam as crianças eram carregadas em faixas, panos amarrados. Essa pratica surgiu a quatro mil anos no Egito antigo, já no século 20 mais precisamente em 1981, um havaiano Rayner Garner, teve a ideia de colocar duas argolas numa canga para que sua esposa pudesse ajustar o comprimento do pano junto ao corpo, mudando assim a história dos carregadores de bebê.

A técnica e o produto adaptado foram popularizados pelo médico pediatra William Sears, que criou conceitos contemporâneos para a utilização do sling.

Attachment Parenting significa criação de vínculos entre os pais e a criança através de vários princípios entre eles Baby Waring, que significa a pratica de levar o bebê junto ao corpo.

Diferentes povos utilizam modelos próprios de sling. Na África o pano comprido é o mais utilizado, já o sling com argolas é mais comum na Europa, enquanto o sling prático conhecido como Pouch Sling, é mais usado nos Estados Unidos. Na Ásia o Mei Tai é o sling mais popular.

Adriane Galisteu e o Sling em seu casamento

 

adriane galisteu e sling

fonte: Sling Seguro

Mãe Canguru

Leite Materno

Fotos: mammacandoit.com
snuggybaby.blogspot.com

Posts Relacionados

Deixe um Comentário