Como minimizar os enjoos na gravidez

7 de outubro de 2013   Por:    Geral   0 Comentários

Na minha gestação de gemelar não tive muitos problemas com enjoos matinais. Senti algumas vezes, mas nada que fizesse passar muito mal. Uma dica que pra mim ajudou bastante foi tomar bastante água, sucos, sorvete e tudo que fosse beeemm gelado. Às vezes recorria aos cubinhos de gelo, desenformava alguns e ficava chupando durante o dia. Minizava bastante aquele mal estar do enjoo e a queimação.

 

Enjoo na gravidez

A maioria das gestantes é afetada pela fase do enjoo e para tentar evitá-la recorre a inúmeras receitas. Mas cuidado,  não vá fazer tudo que lhe mandam, essa é uma fase temporária.

O enjoo, infelizmente, mamãe, é o sintoma mais frequente da mulher grávida. Cerca de 70% das mulheres sentem enjoos no primeiro trimestre da gestação, principalmente no segundo e terceiro mês, podendo se prolongar em poucos casos.

Não há uma receita infalível que acabe com o enjoo. O que vale para uma mamãe pode não ter efeito nenhum para outra.

Há alguns fatores que podem ser a causa dos enjoos, mas não é nada comprovado. Uma das teorias são os níveis de hormônios que aumentam e se alteram no primeiro trimestre.

A progesterona, que é responsável por manter a gravidez, deixa o estômago mais preguiçoso, isto é, há uma lentidão no trato gastrointestinal. Portanto, o alimento demora a chegar ao intestino, provocando os enjoos e até os vômitos.

 Existem trabalhos que indicam que mulheres que têm altos níveis do hormônio gonadotropina coriônicas (hcg) são mais propensas a ter enjoos, como as mulheres grávidas de gêmeos. Mas ainda não existe relação consistente entre algum nível de hCG e enjoo, pois duas mulheres com o mesmo nível de hCG podem apresentar sintomas diferentes. Coisas da natureza.

Geralmente os enjoos aparecem na parte da manhã. Ou as futuras mamães já acordam enjoadas e ou enjoam assim que levantam. Por isso os enjoos são chamados de enjoos matinais. Isso não é regra, os enjoos podem aparecer também à tarde e à noite.

Na grande maioria dos casos, as mamães conseguem contornar esses enjoos em casa mesmo. Raros os casos de mamães que perdem muito peso, ficando desidratadas e tendo que tomar alguma medicação para controlar os enjoos. Caso isso aconteça, o médico deverá ser consultado.

A fase dos enjoos varia de mulher para mulher, mas em geral ocorre entre o final do segundo mês (semana 8) e o final do quinto mês lunar (semana 20).

Dicas para ajudar a evitar os enjoos da gravidez:

 

Enjoo na gravidez

 

  • Coma biscoitos água e sal antes de levantar da cama. O estômago vazio piora o enjoo. Comendo antes de levantar e esperando um pouco poderá evitar esse enjoo que aparece logo pela manhã. Os biscoitos, alimentos ricos em carboidratos ou frutas podem amenizar os enjoos durante todo o dia.
  • Coma pouco, mas de duas em duas horas. O estômago cheio também pode levar ao enjoo já que a digestão está mais lenta.
  • Evite alimentos gordurosos, pois são de difícil digestão, alimentos muito condimentados e açúcares.
  • Evite deitar logo após comer.
  • Fundamental que esteja bem hidratada. Às vezes, água pode aumentar o enjoo. Tente colocar uma fatia de limão na água que irá beber.
  • Escreva um diário com o que te deixa enjoada e comece a evitar os principais causadores.
  • Gengibre ameniza os enjoos para muitas mulheres. Pode ser até em chá ou bala.
  • Evite estar em locais com cheiros muito intensos, especialmente locais como a cozinha, os odores da comida são grandes causadores de náuseas.
  • Quando andar de carro opte por conduzir, isso diminuirá os enjoos drasticamente.
  • Faça exercício, especialmente externo, o ar fresco ajuda sempre.
  • Experimente tratamentos alternativos como a acupunctura.

Se não conseguir curar os seus enjoos da gravidez ande sempre com um rol de elementos consigo: toalhinhas, escova de dentes e pasta, pastilha de menta,  e claro um ou mais sacos de plástico.

Sucos que ajudam a evitar o enjoo na gravidez.

 

Enjoo na gravidez

 

A nutricionista Renata Safiotti afirma que o abacaxi, o kiwi, a laranja e o limão são excelentes para tratar o problema, porque são ácidos e, por conta disso, aliviam a sensação de náusea do estômago. “Experimente preparar um suco de kiwi com água de coco. A fruta, com toda sua acidez, é fonte de vitamina C. Já a água de coco ajuda a manter a gestante bem hidratada e com maior tolerância ao problema”.

Outras duas sugestões de sucos sugeridas pela nutricionista são a combinação do abacaxi com lascas de gengibre e o suco de limão sem açúcar. “Prefira as bebidas geladas em pequenas quantidades. E sempre que se sentir mal chupe pedras de gelo”, ensina a especialista.

O nutricionista esportivo Gabriel Cairo Nunes, da Clínica Healthme Gerenciamento de Peso, que sugere um receita simples, porém eficaz, para ajudar as futuras mamães. Ele indica o suco de limão feito com casca e gelo, também conhecido como limonada suíça. O segredo para a bebida não ficar amarga e gostosa, diz ele, é retirar a parte branca da fruta. “Você ainda pode congelar o líquido como se fosse chupe-chupe e depois tomar como se fosse um sorvete”, diz o especialista.

Fonte: Guia do Bebê
De Mãe para Mãe
DaquiDali

Fotos: goeshealth.com
lifemartini.com
americanpregnancy.org

 

Posts Relacionados

Deixe um Comentário